CADEG e novidades

Querid@s,

Novidades no ar. Consegui resolver o drama da cerimonialista/assessoria que eu havia contado para vocês! Gente, tirei um peso das minhas costas, do meu coração e da minha cabeça. Uma das noivinhas que visita o blog (e que por sinal conhece o noivo e a mim) salvou minha vida com uma mega indicação. Marcella, mega obrigada por indicar a Priscilla do Vou Casar e Panz! O que falar da Priscilla, ela foi a última indicação que recebi, mandei um email e consegui encontrar com ela no dia seguinte. Cheguei mega atrasada (acho que esse definitivamente é meu maior defeito), mas conseguimos conversar por duas horas. Descobri que ela já tinha lido meu blog quase todo e acabamos por perceber vários pontos e maluquices em comum! Agora é fechar os detalhes e ir casar (TÁ CHEGANDO).
* * * * * * * *
Hoje o João não trabalhou e aproveitamos para resolver algumas coisas do casamento. Fomos à CADEG ver flores e espumante. Devo confessar que rolou um desapontamento, achei tudo MEGA sem graça! Segundo o João o problema é que fomos relativamente tarde e que a maioria das coisas legais rola entre 3 e 5 da manhã. Vou acreditar nele, afinal to casando com ele né? O bom é que consegui ter uma noção de quanto estão custando as rosas (R$ 1,00/und) e os mosquitinhos (R$ 10,00/ramo), bem como conseguimos ver preço de alguns proseccos.
Preciso muito contar para vocês meu drama pessoal. O João e eu não curtimos at all prosecco, e acho que por isso que deixamos para ver esse ponto importante do casamento tão em cima da hora. Conseguem imaginar duas pessoas que não gostam nem entendem nada de prosecco em uma busca por diversas lojas? Me vi no meio de diversas marcas (Salton, Dedicato, Terra Nova, Casa de Valduga, Joaquim e etc) e tipos (Brut, Demi-sec e Moscatel). Ok, sei que as variações se referem ao tipo de uva e tal, mas cara não me empolguei em nada por fazer uma busca por algo que não ligo. Se vai ter prosecco no casamento é porque meus amigos gostam e quero eles tão felizes quanto eu no dia do meu casamento.
Acabei experimentando um Terra Nova Brut que me agradou muito. Não é o mais barato, mas de todos que bebi na minha vida é de longe o que menos me fez ter uma cara mega feia quando provei! hahaha…a cara da vendedora pra mim quando provei e disse que realmente não era a minha praia foi mega engraçada. Acho que vamos acabar fechando com esse. O que vocês acham? Aceito sugestões…
Beijos,
Naty