Amizade

Querid@s,
Hoje o post foge um pouco ao tema proposto para o blog, mas eu realmente queria muito dividir uma experiência que uns amigos e eu vivemos poucos dias atrás. Bem, eu estudei Relações Internacionais e através do curso eu conheci um mundo de Simulação de Organizações Internacionais e através desse mundo eu tive a chance de fazer amigos em vários cidades do Brasil e do mundo. Devo dizer que esse “mundo” também me trouxe meu noivo, que se tornou meu amigo em 2004 (lá se vão 7 anos de amizade)!
Umas duas ou três semanas atrás um desses amigos (devo dizer que uma das pessoas de coração mais puro que conheci) estava no bairro da Savassi em BH com um amigo e eles foram assaltados. O Pedro (@nogueiro) é jornalista e estava com seu notebook na mochila. Vocês devem imaginar que levaram tudo deles! Esse meu amigo perdeu o note, o seu celular, documentos, material da faculdade e dinheiro (até a chave e casa levaram dele!).
O menino que estava com ele, Eduardo Furbino (@efurbino), é criador de um site que se chama B33pme (recomendo para todos darem uma olhada!) e através do site começou uma campanha entre os amigos para tentarmos ajudar nosso amigo. Ele disponibilizou através do site dele uma forma de cada um doar uma quantia para ajudarmos o Pedro a recuperar suas perdas (que vocês podem ter certeza não foram baratas!). E assim começou o Nogueiro Esperança!
Essa semana o Pedro recebeu um e-mail contando o que seus amigos haviam feito. Ele estava no trabalho e colocou no twitter que estava muito emocionado, e isso não era pela quantia (que não foi muito alta já que quase todos nós estamos começando nossas vidas profissionais) mas sim por termos feito ele se sentir uma pessoa super querida, o quanto todos nós ficamos sentidos e querendo ajudar! (para saber mais leiam aqui)
Acho que nessas semanas eu tive a maior prova de que o ser humano pode ser muito bom! Acho que eu percebi o quanto a vida pode ser maravilhosa quando se tem amigos por perto, e como nós dependemos uns dos outros, não materialmente falando, mas emocionalmente falando. E são amigos que quero no dia do meu casamento com o João, queremos pessoas que estarão ali não para cumprir um protocolo, mas porque se importam realmente com a gente e que estarão ali para desejar o melhor para nós!
Vou aproveitar esse post e pedir desculpas abertamente a dois amigos que eu acabei afastando num momento ruim que passei no início do ano! Sei que nada é desculpa por ultrapassarmos limites, mas eu realmente sinto a falta de vocês!
Bom domingo a todos!
Naty